FOTOS IMAGENS-Ex-prefeito pode ter sido morto por vingança ou motivação política em RO


Ex-prefeito pode ter sido morto por vingança ou motivação política em RO

10/01/2017 12h56 – Atualizado em 10/01/2017 13h02

Ex-prefeito pode ter sido morto por vingança ou motivação política em RO

Delegado disse que polícia trabalha com as duas linhas de investigação.
Ex-prefeito de Ministro Andreazza foi morto a tiros na noite de 4 de janeiro.

Rogério AderbalDo G1 Cacoal e Zona da Mata

A Polícia Civil divulgou na última segunda-feira (9) que o assassinato do ex-prefeito de Ministro Andreazza (RO), na Zona da Mata, Neuri Carlos Persch (PTB), que foi morto a tiros na noite de 4 de janeiro, pode ter sido encomendado por vingança ou motivação política. Durante o último sábado (7), oito pessoas foram presas durante a Operação Trigeu. Um suspeito de ser um dos executores do crime, que não havia sido detido durante a ação, foi localizado e preso ainda na noite do sábado.

Presos foram levados para Delegacia de Andreazza e depois Cacoal (Foto: Rogério Aderbal/G1)Presos foram levados para Delegacia de Andreazza
e depois Cacoal (Foto: Rogério Aderbal/G1)

A Operação Trigeu foi deflagrada, no último sábado, em Ministro Andreazza após o assassinato do ex-prefeito da cidade, Neuri Carlos Persch (PTB). A vítima foi morta a tiros quatro dias depois de deixar o cargo. Na ação policial, oito pessoas foram presas. Entre os presos está um vereador da cidade.

Durante a operação foram aprendidas também nove armas de fogo, munições e roupas, além de um carro roubado e duas motocicletas com as mesmas características do veículo usado pelos suspeitos no dia assassinato de Neuri. Na noite do sábado, mais uma pessoa foi presa por suspeita de ser um dos executores do crime.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Edson Florêncio, a operação foi bem-sucedida, e a previsão é que o inquérito seja encerrado nos próximos com a identificação dos mandantes e executores do crime.

“Das nove prisões, quatro são investigados por participação direta no crime, seja como mandantes ou como executores. O papel de cada um ainda está sendo apurado. As demais pessoas que foram presas também são investigadas, pois a suspeita é que elas possam ter contribuído de alguma maneira com os autores do crime, com o empréstimo de armas de fogo e outros detalhes”, explica Edson.

Delegado fala sobre as investigações da morte do ex-prefeito de Andreazza (Foto: Rogério Aderbal/G1)Delegado fala sobre as investigações da morte do
ex-prefeito de Andreazza (Foto: Rogério Aderbal/G1)

O delegado disse também que um revólver calibre 38 apreendido na operação foi enviado para Porto Velho, onde passará por exames periciais, que devem apontar se arma foi usada no assassinato do ex-prefeito.

Sobre a motivação do crime, Edson Florêncio revelou que a polícia trabalha com duas linhas de investigações. “Ainda não podemos adiantar muita coisa para não atrapalhar as investigações. Mas pelo que foi apurado até agora, a polícia trabalha com a possibilidade do crime ter sido encomendado por vingança ou motivação política. Ainda precisamos confirmar através das provas levantadas, se as duas coisas têm ligação ou não”, aponta o delegado.

Operação Trigeu (A Paz)
A operação leva o nome de uma peça teatral da Grécia antiga que foi apresentada nas Grandes Dionísias de 421 a.C., para um público de atenienses e não-atenienses. Tudo ocorreu alguns meses antes da assinatura da Paz de Nícias.

Crime
Neuri Carlos Persch foi assassinado a tiros na noite de 4 de janeiro, quatro dias após deixar o cargo da administração municipal. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Neuri estava perto da casa da mãe, quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram mais de cinco disparos contra a vítima.

Conforme informações de testemunhas, após o crime os suspeitos fugiram de moto pelas ruas, próximo de um bosque. Por causa dos ferimentos provocados pelos disparos, o ex-prefeito morreu antes mesmo da chegada de socorro.

Neuri tinha atualmente 48 anos e, na quarta-feira (4), havia sido nomeado secretário de planejamento da prefeitura de Cacoal (RO), que fica a cerca de 40 quilômetros de Ministro Andreazza. No último domingo (1º), Neuri passou o cargo da prefeitura para Arnaldo.

Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *