FOTOS IMAGENS-Criança que estava desaparecida em Fortaleza é achada com o corpo queimado



Por G1 CE

18/12/2017 20h19  Atualizado há 30 minutos

Corpo de criança foi achado um dia após familiares relatarem desaparecimento de crianças (Foto: Arquivo pessoal)Corpo de criança foi achado um dia após familiares relatarem desaparecimento de crianças (Foto: Arquivo pessoal)

Corpo de criança foi achado um dia após familiares relatarem desaparecimento de crianças (Foto: Arquivo pessoal)

O corpo de uma criança foi achado queimado nesta segunda-feira (18) no Bairro Aracapé, em Fortaleza, um dia após familiares da vítima terem relatado em rede social sobre o desaparecimento do garoto.

De acordo com o depoimento da mãe da criança, Marcelo Henrique desapareceu na tarde de domingo (17) no Bairro Aracapé. O corpo foi identificado pela avó da vítima, Luzia Oliveira, na tarde desta segunda-feira.

“Foi pura maldade, porque nós somos todos pessoas honestas e trabalhadoras. Ninguém fez nada de mal pra ninguém, muito menos o Marcelo Henrique”, diz a avó da criança, Luzia Oliveira.

Marcelo Henrique brincava no entorno da residência no início da tarde de domingo; conforme a mãe, ele costumava passear por perto de casa, “mas sempre voltava”. Neste fim de semana, Marcelo não retornou até o fim da tarde, quando os familiares iniciaram as buscas no bairro.

Inicialmente a Secretaria de Segurança Pública havia dito que a criança havia sido encontrada carbonizada. A informação foi alterada no fim da noite de segunda-feira (19).

Sem pistas

Ainda conforme a familiar da vítima, policiais informaram na noite desta segunda que ainda não têm suspeitas de quem praticou o crime ou a motivação do assassinato.

A Secretaria da Segurança Pública afirmou por meio de nota que a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa investiga o caso.

A Polícia Civil reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na elucidação do caso. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública; para a Divisão de Homicídios, no número (85) 3257-8807; ou para o número de WhastApp (85) 99111-7498, da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. A pessoa pode fazer a denúncia sem se identificar.

443
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

  • Aparecido Souza

    HÁ UM MINUTO

    É difícil de admitir que exista seres ditos humanos, fazendo gozação de coisas tão sérias, aumentando a dor daqueles que estão enlutados pela morte dos seus, tenho em conta que devem ser pessoas drogadas, bêbadas, sem sentimentos e moral alguma, e que devem ter nascidos de uma chocadeira, bandos de irresponsáveis e canalhas.

MAIS DO G1



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.