FOTOS IMAGENS -CAMINHÃO EXPLODE, APÓS BATER EM CARRO FORTE EM TURVO NO PARANÁ


carro_forte_destrido

CAMINHÃO EXPLODE, APÓS BATER EM CARRO FORTE EM TURVO NO PARANÁ

Repercussão YOU TUBE

Três pessoas morreram em um grave acidente ocorrido na tarde da quinta-feira, dia 10 de outubro, na rodovia PR-466, a cerca de 8 quilômetros do trevo de acesso a Turvo. A batida envolveu um caminhão Scania R440, placas AWX-9573/Londrina, conduzido por Odinei Camargo Guimarães, 26 anos, que residia na cidade de Pitanga; e um carro forte da empresa Proforte de São Paulo, placas FCB1171/São Paulo, dirigido por Júlio César Nogueira, 33 anos.

Segundo testemunhas, o acidente aconteceu por volta 17h00, quando o caminhão Scania que seguia sentido Pitanga e bateu de frente com o carro forte que ia sentido Guarapuava. O choque aconteceu em um aclive e as causas do acidente estão sendo apuradas pela perícia. Testemunhas levantaram a hipótese de o caminhão ter tentado desviar de uma máquina agrícola que seguia na pista — o que teria ocasionado o acidente.
O gerente de TI da Loja Ki Barato, Hansmiller Ricken, disse que a batida foi tão violenta que a cabine do caminhão foi parar cerca de 30 metros do restante da carreta. Peças do carro forte também ficaram espalhadas pela pista. “O motor, chassis e a caixa de câmbio do carro forte foram arrancados com o impacto”, descreveu.

Com o impacto, o tanque de combustível explodiu e destruiu o caminhão, que estava carregado com soja.
Ricken afirmou que o primeiro atendimento foi dado pelas pessoas que chegaram após o acidente e inclusive improvisaram a caçamba de um caminhão para que as vítimas pudessem esperar a chegada do atendimento médico.
Duas pessoas morreram: o motorista da Scania, Odinei Guimarães, que morava em Pitanga; e um dos ocupantes do carro forte, Ivan Roberto Silvério, 32 anos.

O motorista do veículo de transporte de valores, Júlio Nogueira, morreu na manhã da sexta-feira, dia 11 de outubro, em um hospital de Guarapuava. Os outros dois seguranças do carro forte José Adilson Cordiaka, 34 anos, e Gilberto Bortot, 36 anos, foram internados no Hospital São Vicente de Guarapuava, onde não correm risco de perder a vida.
A pista ficou interditada por mais de 6 horas e foi liberada apenas as 23h20, quando foi finalizado o serviço de limpeza.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.