FOTOS IMAGENS-Bandidos armados com fuzis tentam resgatar detento do Presídio de Itaquitinga


Por Clarissa Góes, TV Globo

 


Bandidos armados tentam fazer resgate de detento em Itaquitinga

–:–/–:–

Bandidos armados tentam fazer resgate de detento em Itaquitinga

Cinco homens armados com fuzis tentaram fazer o resgate de um detento do Presídio de Itaquitinga, na Zona da Mata de Pernambuco, na madrugada desta segunda-feira (18). Segundo a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), houve troca de tiros entre a quadrilha e policiais militares por volta das 3h, mas os bandidos conseguiram fugir sem levar o preso (veja vídeo acima).

A tentativa de resgate aconteceu por meio do muro da unidade prisional. Ainda de acordo com a Seres, os homens chegaram atirando contra os agentes de segurança e policiais que estavam no local. Após a troca de tiros, a quadrilha desistiu do resgate. Nenhum policial ou agente ficou ferido.

Munições, armas e ferramentas foram encontradas em Itaquitinga após tentativa criminosa — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Munições, armas e ferramentas foram encontradas em Itaquitinga após tentativa criminosa — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por meio de nota, a Seres informou que, durante uma ronda no local, “foi encontrada a cerca de proteção cortada, como também duas sacolas com diversos explosivos, uma escada articulada, alicate de corte e ferramentas diversas”, além de munições e um facão.

Ainda segundo a secretaria, foi iniciada uma investigação sobre o planejamento do resgate para descobrir quem era o detento que planejava fugir do presídio de segurança máxima.

Histórico de fugas

Inaugurada em janeiro de 2018, a Penitenciária de Itaquitinga já registrou várias fugas. Entre elas, está a que foi registrada no dia 25 de março de 2020, quando seis detentos fugiram. Segundo a Seres, uma sindicância administrativa foi aberta para apurar as circunstâncias em que ocorreu a fuga.

Em 2019, duas fugas aconteceram no local. Na primeira delas, em 12 de fevereiro, dois presos escaparam do Módulo B, que reúne os detentos de menor periculosidade. O segundo caso ocorreu no dia 21 de maio, quando um preso que respondia por roubo e homicídio fugiu do complexo prisional.

Mais do G1



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.