FOTOS IMAGENS-Advogado executado no Rio defendeu cúpula de facção criminosa


fuzil-tiros-advogado

Bruno Mello Gallindo, de 33 anos, era advogado criminalista e defendia grandes nomes de uma facção criminosa
Bruno Mello Gallindo, de 33 anos, era advogado criminalista e defendia grandes nomes de uma facção criminosa Foto: Reprodução/Facebook
Carolina Heringer, Marcos Nunes e Thamara Laila
Tamanho do texto A A A

A Divisão de Homicídios (DH) investiga se o assassinato do advogado criminalista Bruno Mello Gallindo, de 33 anos, tem relação com suas atividades profissionais. Morto com tiros de fuzil na noite desta sexta-feira em Pilares, Zona Norte do Rio, Bruno tinha entre seus clientes chefes do tráfico de uma das principais facções criminosas do Rio. Entre os que já foram defendidos pelo advogado estão os traficantes Celso Luís Rodrigues, o Celsinho da Vila Vintém; Sandro Luis de Paula de Amorim, o Peixe; Anderson Rosa de Mendonça, o Coelho; ambos do Complexo de São Carlos; e Romildo Miranda Júnior, o Canela, da Rocinha.

Marcas dos tiros de fuzil no carro do advogado
Marcas dos tiros de fuzil no carro do advogado Foto: Foto do leitor/ WhatsApp

O advogado também já atuou em processos em que figuravam como acusados Rogério Rios Mosqueiras, o Roupinol, e Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha. Dos traficantes citados, apenas o Canela ainda está sendo procurado pela polícia. Já Roupinol foi morto em tiroteio em 2010 com policiais. Peixe, Coelho e Celsinho da Vila Vintém estão presos no presídio federal de Catanduvas, no Paraná. Já o Nem da Rocinha cumpre pena no presídio federal de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Carta de procurado
Carta de procurado Foto: Reprodução

O crime

Bruno estava dentro de seu carro, um Toyota Hilux SW4 de cor prata, quando homens em outro veículo pararam ao lado e realizaram diversos disparos de fuzil. O crime aconteceu por volta das 22h, na Rua Glaziou.

Bruno estava dentro de seu carro quando criminosos em outro veículo pararam ao lado e realizaram diversos disparos de fuzil
Bruno estava dentro de seu carro quando criminosos em outro veículo pararam ao lado e realizaram diversos disparos de fuzil Foto: Foto do leitor/ WhatsApp

Os bandidos fugiram em seguida. Militares do 3º BPM (Méier) reforçam o policiamento na área. A DH da Capital já realizou a perícia no local.

Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/advogado-executado-no-rio-defendeu-cupula-de-faccao-criminosa-16664080.html#ixzz3ey7QjJF8



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.