FOTOS IMAGENS-Advogada é presa suspeita de integrar grupo criminoso em Camaçari


Advogada é presa suspeita de integrar grupo criminoso em Camaçarimortascamacari

Advogada é presa suspeita de integrar grupo criminoso em Camaçari

A advogada Rebeca Cristine Gonçalves dos Santos foi presa na tarde desta terça-feira (30), suspeita de integrar a organização criminosa rival à quadrilha envolvida na morte de três adolescentes e um jovem em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Os crimes aconteceram no última fim de semana.

De acordo com Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a prisão foi feita por policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco) quando a advogada saía do Fórum Criminal de Sussuarana, na capital baiana.

Claudomiro Santos Rocha Filho, o Nicão do Baralho do Crime (Foto: Divulgação/SSP)Claudomiro Santos Rocha Filho, o Nicão do
Baralho do Crime (Foto: Divulgação/SSP)

Ainda conforme a SSP, além de defender judicialmente o traficante e homicida Claudomiro Santos Rocha Filho, conhecido como “Nicão”, que conforme a secretaria cometeu ao menos 18 assassinatos, Rebeca era também a atual companheira dele e atuava diretamente na organização criminosa.

Segundo a SSP, o mandado de prisão preventiva de Rebeca já foi expedido. A advogada prestou depoimento na sede do Draco, no bairro da Pituba. O conteúdo da oitiva não foi divulgado. Ela será indiciada por tráfico de drogas, associação ao tráfico e lavagem de dinheiro.

Nicão”, que era “Sete de Copas” do Baralho do Crime da SSP-BA, foi preso no dia 13 de agosto deste ano, no imóvel da advogada. Segundo a polícia, Nicão e outro homem, Jéferson da Silva Pereira, são integrantes de uma mesma quadrilha responsável pela comercialização de drogas e prática de homicídios, dentre outros crimes, em Camaçari, na região metropolitana, e no bairro da Boca do Rio, em Salvador. Eles estão custodiados no Complexo Penitenciário de Mata Escura, em Salvador.

Bruno de Oliveira Santos, o 'Quatro de Espadas' do Baralho do Crime é suspeito de matar jovens em Camaçari (Foto: Divulgação/SSP)Bruno de Oliveira Santos, o ‘Quatro de Espadas’ do
Baralho do Crime é suspeito de matar jovens em
Camaçari (Foto: Divulgação/SSP)

Outro integrante do “Baralho”
Bruno de Oliveira Santos, o “Quatro de Espadas” do Baralho do Crime foi apontado pela SSP-BA como suspeito de ter matado os quatro jovens em Camaçari, no último final de semana.

Conforme a SSP, Bruno é da quadrilha rival de “Nicão” e possui mandado de prisão em aberto, além de integrar a lista dos bandidos mais procurados do estado.

A secretaria informou que ele pertence à quadrilha de Marivan Elias da Silva, um dos líderes do tráfico no bairro de Nova Vitória, em Camaçari, onde ocorreram os crimes. Marivan também faz parte do baralho e ocupa a carta “Seis de Copas”.

Segundo as investigações, a quadrilha que Marivan lídera quer o domínio do tráfico de drogas em Camaçari e, por isso, praticou os assassinatos.

A disputa pelo ponto de tráfico teria ficado acirrada após a prisão, no início deste mês de agosto, de “Nicão”, parceiro de Raimundo Borges dos Reis, o “Capenga”, líderes do bando rival ao de Marivan e que também vende drogas na região.

A polícia suspeita que, com o enfraquecimento do grupo de “Nicão” e “Capenga”, Marivan pretendia assumir o tráfico de drogas na área.

Adolescentes assassinadas em Camaçari, na região metropolitana de Salvador (Foto: Imagem/TV Bahia)Adolescentes assassinadas em Camaçari,
na região metropolitana de Salvador
(Foto: Imagem/TV Bahia)

A delegada Maria Tereza Silva, da 4° Delegacia de Homicídios, que investiga o caso relatou que as adolescentes que foram assassinadas em Camaçari não tinham envolvimento direto com o tráfico de drogas. Duas das meninas namoravam com rapazes envolvidos com o tráfico.

De acordo com a SSP, o policiamento foi ampliado no final de semana em Camaçari e permanece com a presença do Batalhão de Choque e da Companhia Independente de Policiamento Especializado/Polo. Equipes dos departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa e de Repressão ao Crime Organizado também estão no local, com aproximadamente 200 policiais.

O Baralho do Crime, criado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), tem o objetivo divulgar os suspeitos mais procurados da Bahia. As informações sobre os suspeitos podem ser repassadas anonimamente através do disque-denúncia, pelo número 3235-0000.

Homicídios
Nove homicídios foram registrados durante o último final de semana, em Camaçari. Além das três adolescentes e o jovem de 21 anos, outras cinco mortes aconteceram no bairro Nova Vitória. Um homicídio foi no sábado e quatro no domingo (28).

Segundo a SSP-BA, as vítimas de 16, 19, 22 e 26 anos tinham passagem pela polícia por tráfico de drogas. Outra vítima, de 26 anos, tinha passagens por furto.

Os casos são investigados pelos departamentos de Homicídio e Proteção à Pessoa (DDHP) e de Polícia Metropolitana (Depom).

FOTOS IMAGENS-Advogada é presa suspeita de integrar grupo criminoso em Camaçari
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *