EXTREMOZ RN-Bolsonaro visita a PF para agradecer a proteção e assina carta de compromisso na Arquidiocese do Rio


 


Bolsonaro conversa com a imprensa depois de encontro com a Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (17) — Foto: Cristina Boeckel/G1Bolsonaro conversa com a imprensa depois de encontro com a Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (17) — Foto: Cristina Boeckel/G1

Bolsonaro conversa com a imprensa depois de encontro com a Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (17) — Foto: Cristina Boeckel/G1

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, visitou nesta quarta-feira (17) a Superintendência da Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro para agradecer a proteção policial durante a campanha eleitoral.

Cada candidato a presidente da República tem direito a uma equipe de segurança de 21 policiais federais especializados em dar proteção a autoridades.

Após o encontro, em entrevista à imprensa, afirmou que sua participação em debates depende de avaliação médica e de estratégia política.

“É lógico, política é estratégia. O Lula não compareceu ao debate no final, até o último da rede Globo, não sei se foi 2006, se não me engano, ele não compareceu. Entra tudo no meio, eu decido em equipe”, disse Bolsonaro sobre a possibilidade de ir a debates.

O candidato ainda se recupera de facada que levou durante campanha na rua em Minhas Gerais. “Agora, eu vou debater com um cara que é um poste, um pau mandado do Lula? Tenha a santa paciência. A equipe médica que decide amanhã se estou em condições ou não”, afirmou.

Bolsonaro disse, ainda, que está com a “mão na faixa”, e que seu adversário, Fernando haddad (PT), não vai conseguir tirar dele “18 milhões de votos” até o dia 28 de outubro, data do segundo turno das eleições presidenciais.

“Nós estamos com uma mão na faixa. É verdade. Pode até não chegar lá. Mas estamos com a mão na faixa. Ele não vai tirar 18 milhões de votos de agora até a dois domingos”, afirmou a jornalistas na saída do encontro com a PF.

00:00/00:00

Erro ao carregar o recurso de vídeo.

Ocorreu um problema ao tentar carregar o vídeo. Atualize a sua página para tentar novamente.

Bolsonaro após encontro com cardeal Dom Orani Tempesta na sede da Arquidiocese do Rio

Bolsonaro após encontro com cardeal Dom Orani Tempesta na sede da Arquidiocese do Rio

Mais cedo, Bolsonaro se encontrou com o cardeal Dom Orani Tempesta, na sede da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Após o encontro, Bolsonaro disse que assinou um compromisso em defesa da família e da liberdade das religiões, contra o aborto e contra a legalização das drogas.

“Assinamos um compromisso em defesa da família, em defesa da inocência da criança na sala de aula, em defesa da liberdade das religiões. Contrário ao aborto, contrário a legalização das drogas. Ou seja, o compromisso que está no coração de todo brasileiro de bem”, disse.

3
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequen

EXTREMOZ RN-Bolsonaro visita a PF para agradecer a proteção e assina carta de compromisso na Arquidiocese do Rio
Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *