EXTREMOZ RN-Ações do Governo favorecem ampliação da indústria cerâmica no RN


Programas como o Proedi e o RN Gás + colocam o Estado como o mais competitivo para novos investimentos.

Foto: Elisa Elsie/ASSECOM RN

A iniciativa do Governo do Estado em criar condições para novos investimentos e implantação de novas indústrias no Rio Grande do Norte, como os programas Proedi e RN Gás + atrai o interesse do empresariado. Nesta terça-feira, 18, a governadora recebeu em audiência Manfredo Gouvêa Junior, diretor executivo da Cerâmica Elizabeth, empresa paraibana com cinco plantas industriais – três na Paraíba, uma em Santa Catarina e outra no Rio Grande do Norte, no município de Goianinha.

Na audiência, a governadora recebeu o convite para participar da maior feira da indústria cerâmica da América Latina, a Expo Revestir, que acontece de 10 a 13 de março próximo em São Paulo. Manfredo, que é também presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (Anfacer), disse que no evento estarão todas as grandes indústrias do setor no Brasil e algumas do exterior. “O Rio Grande do Norte é um estado que tem forte vocação para o setor ceramista e tem políticas definidas para o setor. Acreditamos no crescimento da indústria ceramista no Estado e por isso fazemos este convite à governadora”, justificou o presidente da Anfacer.

Ele ainda declarou: “reconhecemos o esforço e o empenho da atual gestão em viabilizar e aperfeiçoar programas de fomento à economia, como o Proedi, que são essenciais para a manutenção dos investimentos da indústria”.

Fatima Bezerra disse que a indústria é setor primordial para o desenvolvimento do Estado e que o Governo trabalha com políticas de incentivo à atração de novos investimentos que incluem também agilidade na concessão de licenças ambientais e segurança jurídica. “Fico honrada e grata com o convite e com o investimento da empresa paraibana no RN, que mantém uma unidade de produção que gera 220 empregos diretos e produz um milhão de metros quadrados de revestimentos em Goianinha”, afirmou, para acrescentar que “o que mais o nosso Estado e nosso povo precisam é de novos investimentos que gerem trabalho, renda e desenvolvimento”.

A governadora ainda cita a condições oferecidas pelo RN para novos investimentos na indústria da cerâmica como a disponibilidade de matéria prima e oferta de gás natural a preço competitivo através do RN Gás +.

A audiência também teve a participação do vice-governador Antenor Roberto, dos secretários de Estado, Jaime Calado (Sedec), Fernando Mineiro (Secretaria Extraordinária para Gestão de Projetos e Metas de Governo e Relações Institucionais – SEGRI), diretora da Potigás, Larissa Gentile, assessor de planejamento da Potigás, Emile Safieh e Hugo Fonseca, coordenador de energia da Sedec.

 



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.