Dilma diz que Petrobras ‘está acima’ de denúncias de corrupção


age20140824122

24/08/2014 15h15 – Atualizado em 24/08/2014 16h13

Dilma diz que Petrobras ‘está acima’ de denúncias de corrupção

Presidente rebateu Marina Silva, que na véspera a chamou de ‘gerente’.
Candidata à reeleição chamou coletiva para falar sobre suicídio de Vargas.

Do G1, em Brasília

 A presidente Dilma Rousseff, candidata a reeleição, durante entrevista coletiva no Palácio da Alvorada neste domingo (24) (Foto: Ed Ferreira/Estadão Conteúdo)A presidente Dilma Rousseff, candidata a reeleição, durante entrevista coletiva no Palácio da Alvorada neste domingo (24) (Foto: Ed Ferreira/Estadão Conteúdo)

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, defendeu neste domingo (24) a Petrobras e afirmou que a estatal “está acima” de crimes ou denúncias de corrupção.

Questionada sobre a possibilidade de o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa fazer acordo de delação premiada que envolva denúncias sobre a estatal, Dilma disse que não comentaria decisão de “pessoa presa”.

“O Brasil e nós todos temos que aprender que se pessoas cometeram erros, malfeitos, crimes, atos de corrupção, isso não significa que as instituições tenham feito isso. Não se pode confundir as pessoas com as instituições. A Petrobras é muito maior que qualquer agente dela que cometa equívocos. […] A Petrobras está acima disso [denúncias de corrupção] e eu não tenho que comentar sobre decisão de pessoa presa fazer ou não delação premiada. Não é interesse da Presidência da República”, disse.

Dilma convocou jornalistas no Palácio da Alvadora, residência oficial da presidente, para falar sobre os 60 anos do suicídio do então presidente Getúlio Vargas.

Presidente rebateu Marina Silva
Perguntada sobre a declaração da candidata do PSB, Marina Silva, de que Dilma é “gerente” e que isso a levaria a entregar o país em “situação pior”, a presidente rebateu e afirmou que é preciso “dar conta de tudo” na Presidência.

“Essa história que não precisa [de gerente], de que o país não precisa de ter um cuidado na execução das suas obras e uma obrigação de entregá-las é uma temeridade. Ou é quem nunca teve experiência administrativa e, portanto, não sabe que é fundamental para um país com a complexidade do Brasil dar conta de tudo. Você tem de dar conta na Presidência de tudo, de obra, de aeroporto, de rodovia, ferrovia, porto, tem de dar conta do Bolsa Família, se deu equivoco lá, tem de dar conta do Minha Casa Minha Vida, dar conta de todas as obras”, disse.

Getúlio Vargas
A presidente comentou ainda os 60 anos do suicídio de Getúlio Vargas e afirmou que o episódio mudou o rumo do Brasil ao adiar o golpe militar em 10 anos. “Não só comoveu milhões e milhões de pessoas que foram às ruas, mas também, pelo fato de ele ter evitado o golpe que depois vai ocorrer dez anos depois, em 64.”

Segundo a presidente, é “essencial” entender a morte de Getúlio Vargas. “Se nós não entendermos a história do nosso País, não entenderemos a construção da nação brasileira.”

PUBLICIDADE

Dilma diz que Petrobras ‘está acima’ de denúncias de corrupção
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *