Cursos profissionalizantes são oferecidos de graça em Maceió para inscritos no CadÚnico


A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) está ofertando 100 vagas em cursos profissionalizantes que serão realizados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) em Maceió. Os cursos são para inscritos no Cadastro Único da capital (CadÚnico).

As inscrições vão de segunda-feira (19) até o dia 30 de julho, e devem ser agendadas pelo número de telefone da sede do CadÚnico, o 98882-8211, das 8h às 14h.

Cursos ofertados

 

  • padeiro
  • pedreiro de alvenaria estrutural
  • encanador instalador predial
  • pintor de obras

 

O candidato precisa ter renda familiar per capita de até R$ 178. A renda per capita, segundo o IBGE, é o resultado da soma da renda recebida por cada morador, dividida pelo total de moradores do domicílio.

Também é exigido que o candidato tenha 16 anos ou mais e esteja cursando no mínimo o 6º ano do ensino fundamental.

Além do material didático, os alunos dos cursos receberão auxílio-transporte, alimentação e certificado do Senai no final do curso.

Segundo a diretora de Proteção Social Básica, Aline Pedrosa, a proposta da Semas é ampliar o acesso à qualificação profissional para a população em vulnerabilidade social.

“No mês passado, 100 usuários do Cadastro Único já iniciaram cursos profissionalizantes no Senai custeados pela Semas. Agora estamos ofertando mais 100 vagas para quatro cursos diferentes”, disse Aline.

Como fazer a inscrição

 

Depois de agendar a inscrição por telefone, o candidato deverá levar os documentos necessários no dia e horário marcado.

Lista de documentos (originais e cópias)

  • RG;
  • CPF;
  • NIS;
  • COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA;
  • COMPROVANTE DE ESCOLARIDADE.

 

Caso o usuário tenha menos de 18 anos, é necessário também o RG e o CPF (cópias e originais) dos pais ou responsável.

Para consultar o Número de Identificação Social (NIS), os usuários podem acessar o site Consulta Cidadão, e baixar o aplicativo Meu CadUnico no celular. Também podem ligar para o Ministério da Cidadania discando 121 para obter a informação.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.