Cunha diz que Dilma ofereceu ajuda no Supremo Tribunal Federal


O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou em entrevista à Folha de S.Paulo que a presidente Dilma Rousseff teria oferecido ajuda no processo que é movido contra ele no STF (Supremo Tribunal Federal). Cunha afirma que Dilma “tinha cinco ministros do Supremo” para poder ajudá-lo. O encontro teria acontecido em setembro de 2015, após o rompimento do deputado com o governo.

7tyo5aeya3_8y0q5bghp4_file

Temer faz mercado elevar projeções de crescimento para o Brasil

Maduro pede retorno de embaixador no Brasil à Venezuela

Cunha é réu no STF e deve responder pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção na Lava Jato. O político afirma que considerou a proposta uma “bravata” e que “concretamente, ela não disse o que ia fazer”.

O ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo negou a suposta oferta e classificou a denúncia de Cunha como “escandalosa”.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.