CEARA-CE-Postos de saúde de Fortaleza passam a receitar combinação de corticoide e antibiótico a pacientes com sintomas leves de Covid-19


Pacientes com sintomas gripais sugestivos de Covid-19 que procuram os postos de saúde de Fortaleza já estão sendo receitados com uma nova recomendação de tratamento, à base de um corticoide e um antibiótico, conforme informou o prefeito Roberto Cláudio durante transmissão ao vivo realizada por meio das redes sociais na tarde desta sexta-feira (15).

O procedimento é uma orientação da Escola de Saúde Pública do Ceará e teve início a cerca de 14 dias na atenção primária. O tratamento é voltado para aqueles pacientes que não têm indicadores de precisarem de internação e que estão com sintomas há, pelo menos, cinco dias. A terapia, contudo, é avaliada pelo médico que realiza o atendimento em cada caso e é uma sugestão para ser seguida pelo paciente.

“Já há uma demonstração da adesão dos profissionais de saúde da atenção primária e de uma nova conduta que já está sendo aplicada na ponta. A gente tá com a expectativa de que isso possa modificar o percurso e o agravamento de alguns casos. Vamos acompanhar a evolução dos pacientes, mas lançamos mão de uma nova modalidade de terapia, para pacientes não internados, pacientes que chegam com os sintomas leves nos postos de saúde, desde que estejam nos critérios específicos e usem a partir do quinto dia de sintoma”, esclareceu Roberto Cláudio.

Postos abertos no fim de semana

Roberto Cláudio anunciou também que, além das 12 UPAs, Fortaleza também contará com 12 postos de saúde abertos durante este fim de semana, das 8h às 17h. As unidades em funcionamento serão:

  • Paulo de Melo – Rua Bernardo Porto, 497, Monte Castelo
  • Casemiro Filho – Av. Francisco Sá, 6449, Barra do Ceará
  • Rigoberto Romero  Rua Alameda das Graviolas, 195, Cidade 2000
  • Anastácio Magalhães – Rua Delmiro de Farias, 1679, Rodolfo Teófilo
  • Licínio Nunes – Rua 06, s/n, Quintino Cunha
  • Meton de Alencar – Rua Perdigão Sampaio, 829, Antônio Bezerra
  • Gothardo Peixoto – Rua Irmã Bazet, 153, Damas
  • Maciel de Brito – Av. A, s/n, 1ª Etapa do Conjunto Ceará
  • Régis Jucá – Av. I, 618, Mondubim
  • Siqueira – Rua Engenheiro Luís Montengro, 485
  • Luís Franklin – Rua Alexandre Vieira, s/n, Coaçu
  • Jangurussu – Rua Estrada do Itaperi, 146, Passaré

Até o momento, Fortaleza contabiliza 1.088 pessoas que morreram por Covid-19, além de 14.259 infectadas pela doença.

Comunicação com as famílias nas UPAs

UPAs fazem parte da rede de atendimento a pacientes infectados com novo coronavírus. — Foto: Reprodução/JN

UPAs fazem parte da rede de atendimento a pacientes infectados com novo coronavírus. — Foto: Reprodução/JN

Nesta quinta-feira (14), o prefeito anunciou a respeito de um novo serviço social para repassar informações sobre os pacientes de Covid-19 às famílias de internados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) geridas pelo município e que deverá funcionar 24 horas por dia.

“Desde quarta-feira, a gente já está rodando com serviço social 24 h nas seis UPAs do município de Fortaleza. Isso quer dizer que as UPAs do Cristo Redentor, Vila Velha, Bom Jardim, Dendê, São Cristóvão e Itaperi já estão rodando com esse serviço social contratado 24h para poder a gente melhorar essa comunicação e, inclusive, humanizar mais essa relação do paciente com a unidade, mas, principalmente, de um familiar que tá angustiado, ansioso por notícias, com a unidade de saúde.”, disse o prefeito.

Ampliação de leitos para Covid-19

Chegada de material ao hospital de campanha do Presidente Vargas no fim de abril. — Foto: Kid Júnior/SVM

Chegada de material ao hospital de campanha do Presidente Vargas no fim de abril. — Foto: Kid Júnior/SVM

O prefeito também realizou um balanço no número de leitos criados para o tratamento da Covid-19 em Fortaleza na quarta-feira. Conforme Roberto Cláudio, foram abertos novos 642 leitos pela prefeitura até o momento, mas o total deve chegar a 888 até o final de maio.

“Só pra dar uma ideia de grandeza desse número, toda a rede municipal anterior de leitos públicos no município de Fortaleza, que envolvia 10 hospitais municipais, (…) mais as seis UPAs, tudo isso somado, a gente tinha 1.193 leitos públicos municipais. E a gente já montou até agora 642, e chegará a 888 leitos, numa rede paralela de Covid, isso fora toda a estrutura montada pelo estado”, enumerou Roberto Cláudio.

Nesta quarta-feira (13), Roberto Cláudio chegou a informar sobre a instalação de mais 110 leitos para tratamento da Covid-19. Destes, 56 são referentes a uma nova expansão do Hospital de Campanha Presidente Vargas, no Bairro Benfica, enquanto outras 54 vagas são de leitos no Hospital da Mulher, no Bairro Jóquei Clube, que ficaram vagos em razão do adiamento de cirurgias eletivas.

Lockdown

No último dia 8 de maio, foram implementadas medidas mais rígidas para o isolamento social na capital cearense, conforme anunciado pelo governador do estado, Camilo Santana, e pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, na manhã de terça.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Mais do G1



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.