CARNAUBAIS RN -VEREADORES DA BASE GOVERNISTA, APROVARAM PROJETO DE LEI DO PREFEITO JUNIOR BENEVIDES PARA DESAPROPRIAÇÃO DE TERRAS EM ÁREA URBANA MEDINDO 1.733 METROS QUADRADOS DE CARNAUBAIS POR PREÇO DE BANANA


DSCF6128

A expansão urbana em Carnaubais é um fenômeno crescente e diário. Isso é muito bom! O que tem causado transtornos é o modo como O GOVERNO MUNICIPAL VEM LIDANDO COM A QUESTÃO DOS TERRENOS QUE FICAM NO MEIO DESSE CRESCIMENTO. Ontem um Projeto de Lei foi votado na Câmara Municipal para desapropriação destes terrenos indo de contra a vontade de seus proprietários que não querem vender a preço de banana como O PREFEITO DESEJA. Uma comissão foi criada para avaliar os valores e o preço por metro quadrado sai a R$:1,015 (um real e quinze centavos). Como a área de terreno mede aproximadamente 1.733 metro quadrados, os seus proprietários se recusam a vender por um preço tão irrisório.
  A FAMÍLIA HERDEIRA DO SENHOR CHICO AMÂNCIO a maior proprietária nesta área recusa-se veementemente a aceitar tal descalabro por parte do PREFEITO JUNIOR BENEVIDES. Os vereadores que votaram A FAVOR DO PROJETO com o pagamentos deste valor foram: NORMA SIQUEIRA, EXPEDITO FERNANDES, BATISTA DE DIOCLÉCIO, THIAGO CAVALCANTE E DANILO. Os vereadores de oposição, são a favor da compra dos terrenos para a expansão das ruas, mas discordam dos valores e da forma como a negociação ou tomada dos terrenos estão sendo feitas. Para os vereadores de oposição O GOVERNO MUNICIPAL ESTÁ TOMANDO OS TERRENOS DE PROPRIEDADE PRIVADA e se nega a pagar um preço justo por estas terras. CERTAMENTE AS FAMÍLIAS ENVOLVIDAS NO CONFLITO ACIONARÃO A JUSTIÇA MEDIANTE A SITUAÇÃO.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.