CARNAUBAIS RN-FREIRA DE CONVENTO DE CLAUSURA DÁ À LUZ


unm-freira

“ANAC ESTÁ BOICOTANDO, CRIMINOSAMENTE, O AEROPORTO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE”

unm são gonçalo

O Aeroporto Internacional Governador Aluísio Alves, localizado no município de São Gonçalo do Amante, região metropolitana de Natal, foi inaugurado no dia 31 de maio de 2014, e, desde então, o Consórcio Inframérica está impossibilitado de receber os recursos provenientes da taxa de embarque de passageiros, que não é cobrada no terminal. Isso acontece porque, segundo Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o novo aeroporto só poderá cobrar taxa de embarque, após a análise do relatório de obras que foi enviado à agência, desde setembro, e a posterior liberação. Diante da situação, o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, criticou a ANAC por não liberar a cobrança da taxa. “A ANAC está boicotando, criminosamente, o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante”.

“O que está acontecendo é inaceitável, pois a ANAC não deixa a empresa que investiu dinheiro privado – na ordem de mais de 600 milhões – a receber a tarifa relativa às taxas de embarque. O serviço está sendo prestado e nada está sendo cobrado. No final das contas, todo mundo está perdendo. Perde o Consórcio Inframérica, perde o Rio Grande do Norte e, principalmente, o nosso município”, denunciou Jaime.

Desde o início da operação do aeroporto, segundo Jaime Calado, mais de R$ 1,3 milhão passageiros passaram pelo aeroporto e o Consórcio Inframérica deixou de receber a taxa sobre todos os bilhetes. Além disso, o município de São Gonçalo do Amarante perde 5% sobre cada bilhete, correspondente ao Imposto Sobre Serviço (ISS). Segundo dados da ANAC, o valor a ser cobrado pelo aeroporto de São Gonçalo seria de R$ 21,49 nos embarques domésticos e R$ 38,04 mais US$ 18 nos embarques internacionais.

A explicação apresentada pela Agência Nacional de Aviação Civil é de que o aeroporto não foi concluído. No entanto, esse argumento é duramente rebatido pelo prefeito. “A empresa investe mais de R$ 600 milhões e é tratada dessa forma. Não entendo como o aeroporto foi autorizado pela própria ANAC para funcionar e não é autorizado a receber pelo serviço prestado. Não entendo essa discriminação com o aeroporto do Rio Grande do Norte se a mesma ANAC acaba de liberar mais de 800 novos voos para cá”, lamenta o prefeito. Ele conta que já encontrou aeroportos em condições muito mais precárias e que recebem a taxa de embarque.

“Falo não apenas como prefeito, mas como usuário. Recentemente viajei para o Rio de Janeiro e tive que usar o banheiro interditado do aeroporto Tom Jobim porque não tinha outro. Nosso aeroporto funciona melhor do que muitos outros, Brasil afora e é tratado dessa forma. Não vejo nenhuma reclamação do aeroporto. A reclamação que vejo é em relação aos acessos, mas isso não é responsabilidade da empresa e sim do Governo”, reclama.

A falta do repasse, segundo o prefeito Jaime Calado, prejudica a manutenção do aeroporto. “A empresa privada precisa desse recurso para poder investir e fazer uma manutenção permanente. Antes o aeroporto tinha uma manutenção melhor e hoje não tem uma manutenção 100%. Vou dar um exemplo: todas as lâmpadas internas, eles apagaram umas e deixaram outras acesas porque estão gastando muito. Não sei como eles estão funcionando. A falta do recurso corta qualquer possibilidade de investimento e, em médio prazo, pode comprometer a qualidade do serviço prestado”, fala o prefeito de São Gonçalo do Amarante.

No próximo mês, o prefeito de São Gonçalo deve ir a Brasília para solicitar uma audiência com a ANAC e com o Consórcio Inframérica para tentar resolver essa pendência. Na ocasião, o prefeito deve convocar a bancada federal para pressionar o órgão a liberar a cobrança da taxa de embarque.”É uma situação muito estranha, pois se a ANAC encontrasse alguma irregularidade que aplicasse uma multa à empresa, mas não, eles preferem não ceder e não liberar o pagamento da taxa de embarque”.

Por Roberto Campello/OJornal de Hoje

FORÇA TÁTICA APREENDE ARMAS E PRENDE DOIS EM SÃO JOSÉ DE MIPIBU

x121

A Polícia Militar de São José de Mipibu realizou a prisão de duas pessoas na comunidade do Bairro Novo, São José de Mipibu. A operação ocorreu nas primeiras horas deste sábado, 24, e só foi possível após uma denúncia anônima.

unnamed (3)

Na residência onde os policiais da Força Tática realizaram a abordagem foram encontradas três escopetas calibre 12, um revólver calibre 38, várias munições de ambos os calibres e a quantia de aproximadamente R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais). Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Plantão Zona Sul para a lavratura do auto de prisão em flagrante delito.

Com a apreensão deste arsenal, a Polícia Militar acredita que haverá uma diminuição nos índices de roubos e homicídios no município de São José de Mipibu.

Ten PM Isaac Leão

Cmt 2/3 BPM – São José de Mipibu

GOVERNADOR EXONERA MAIS UM AUXILIAR NOMEADO NO SEU GOVERNO

x

O Diário Oficial do Estado, edição desta sexta-feira (23), traz a exoneração do ex-vereador de Parnamirim, Siderley Bezerra da Silva, nomeado recentemente para o cargo de coordenador de Registro de Veículos do DETRAN, um dos mais importantes cargos do Departamento de Trânsito do RN.

x

Causa curiosidade no meio político de Parnamirim o que pesa contra a permanência do ex-vereador  no almejado cargo.

CONHECER EDUCACIONAL – COMPROMISSO DA EDUCAÇÃO COM QUALIDADE

unm conhecer

Conhecer Educacional: a melhor opção de escola para o seu filho pelo melhor custo-benefício. Agende uma visita e conheça todos os diferenciais da  escola. São José de Mipibu3273-2311.

unm-conhecer-4

CONHECER EDUCACIONAL – COMPROMISSO DA EDUCAÇÃO COM QUALIDADE – MATRÍCULAS ABERTAS

FREIRA DE CONVENTO DE CLAUSURA DÁ À LUZ

unm freira

Uma freira de Burundi que entrou recentemente para um convento de clausura na cidade italiana de San Severino Marche, deu à luz um bebê em um hospital local no último domingo.

Segundo o jornal “Corriere Adriatico”, a freira, de uma idade desconhecida, teria sido levada a um hospital pelas colegas com fortes dores abdominais. Religiosa não sabia que estava grávida até sentir contrações.

Depois de um exame de ultrassom, ela foi imediatamente transferida para a ala da maternidade, onde deu à luz uma criança que não se sabe se é menino ou menina.

A nova mãe teria decidido manter o bebê e deve ser enviada a uma comunidade de acolhimento. A direção do hospital, com máxima descrição, se nega a comentar o caso.

Esse não é o primeiro caso registrado na Itália nos últimos anos. Em 2011, outra freira da região deu à luz uma criança. Na ocasião, a religiosa disse que o filho foi fruto de um estupro quando ela estava no Congo.

No ano passado, outra freira, de origem salvadorenha, também teve um bebê em Rieti, o qual chamou de Francisco, em homenagem ao Papa.

Último Segundo



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.