CARNAUBAIS RN-colossenses capitulo 1 do versículo 21 ao 23.


images (4)

21- Antes vocês estavam separados de Deus e, em suas mentes, eram inimigos por causa do mau procedimento de vocês.
22- Mas agora ele os reconciliou pelo corpo físico de Cristo, mediante a morte, para apresentá-los diante dele santos, inculpáveis e livres de qualquer acusação,
23- desde que continuem alicerçados e firmes na fé, sem se afastarem da esperança do evangelho, que vocês ouviram e que tem sido proclamado a todos os que estão debaixo do céu. Esse é o evangelho do qual eu, Paulo, me tornei ministro.

Paulo em colossenses cria uma carta em defesa da fé, visto que os teus leitores estavam ouvindo falsos ensinamentos vindo de falsos mestres que diziam que eles deveriam manter a obediência na lei cerimonial para alcançar a salvação, então Paulo explica o que Cristo representa. No capitulo um por exemplo ele diz que Cristo é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação, diz também no capitulo dois que em Cristo habita corporalmente toda a plenitude da divindade, e também ele enfatiza que a redenção e reconciliação vem somente por meio da obra de Cristo na cruz.  Além dessas coisas Paulo busca ensina-los realmente a verdadeira piedade, que é a mortificação da carne e novidade de vida e não aquelas ideias ditas por esses falsos mestres. Com essa introdução podemos então progredir com a interpretação dos versículos 21 ao 23.

No versículo 21 está escrito: “Antes vocês estavam separados de Deus e, em suas mentes, eram inimigos por causa do mau procedimento de vocês.”

Paulo está dizendo que antes do evangelhos nós éramos inimigos de Deus! Todo aquele que anda longe de Deus e satisfazendo os teus próprios desejos é inimigo de Deus. Para esclarecer, precisamos falar de pecado. Não tem como a gente entender os próximos versículos sem entender o que é pecado.

 Entendendo o que é pecado. A bíblia está cheio de versículos que relatam o real estado do homem sem Deus. Mas o que é pecado? Em 1 João capitulo 3 versículo 4 diz: Todo aquele que pratica o pecado transgrede a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei. Basicamente é isso o pecado, a transgressão da lei. Todo aquele que não obedece a lei é considerado um rebelde e um inimigo do estado, certo? E é isso que somos, rebeldes e inimigos! Não de um governo terreno, mas de Deus, o Deus Todo poderoso Santo e perfeito que não pode contemplar o mal!

 A lei do Senhor revela o que Ele espera moralmente do homem. Deixe-me dar alguns exemplos. O Senhor Deus Diz: Não mataras. E o que vemos hoje em dia nos tele noticiários? Morte e violência, pai matando filho, filho matando pai e etc. Enquanto Deus fala: Amaras o teu próximo como a ti mesmo. O homem por exemplo pega inimizade do colega de trabalho, ou do vizinho só porque ele não deu um simples boa noite.  Enquanto Deus fala: Ame o seu Deus sobre todas as coisas, o homem cria ídolos para si, assim adorando a criação ao invés do criador. Uma observação nesse ponto, a Idolatria não é apenas adoração de imagens de escultura, até um relacionamento pode se tornar um ídolo! O Senhor pede que sejamos sempre verdadeiros e que nenhuma mentira esteja em nossos lábios, mas em algum momento em nossas vidas já nos pegamos mentindo. E assim por diante, Lei após lei é quebrada! Davi sabia exatamente que o pecado é um ato contra Deus. Ele diz no Salmo 51 versículo 4 “Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista.”

E o que isso tem haver? Bem, a lei de Deus além de revelar o que Deus espera moralmente do homem, revela a sua santidade e justiça, porque Deus pune os pecadores baseado na lei. “Onde não há lei, também não há transgressão” (Rm 4.15). E vale notar que, um pecado é suficiente para ser culpado pela Lei inteira. Em Tiago 2 versículo 10 diz que: “quem obedece a lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de quebra-la por inteiro!” Jesus disse que só de olhar para uma mulher com malicia e desejo você já cometeu adultério! Nenhum homem é inocente perante Deus! Lembrem-se Deus é onisciente e onipresente! Sabe todas coisas e está em todos os lugares, não há como escapar, ele conhece até o mais íntimo do nosso coração!  A bíblia diz que ele esquadrinha os corações e conhece o caminho do homem! Ele há de julgar todos pelas suas obras pensamentos e desejos!

Deus exige santidade e perfeição.  Em levítico vemos repetidas vezes o Senhor Deus dizendo: Sejam santos como Eu sou Santo! Deus exige que o homem seja perfeito. Além do mais, está escrito que sem santidade ninguém vera a Deus! Mas isso é impossível para nós! Acabamos de Ver que somos pecadores, e que uma única falha nossa perante a lei já é o suficiente para nos lançar no inferno!

Até aqui as nossas esperanças parece que já se cessaram! Logo o Cristianismo torna-se a única religião que mata a esperança de todos a respeito da vida eterna no céu! Enquanto as outras religiões dão a falsa esperança que você pode com suas melhores ações ser salvo. O cristianismo diz que nem a nossas melhores ações podem nos salvar porque somos pecadores! Em Isaias 64 versículo 6está escrito que Deus considera a nossas justiça, como trapo de imundícia! E em Romanos 3 Paulo claramente diz que não há ninguém que faça o bem!

Vamos exemplificar: O pecado é como uma lepra. A lepra quando está em um estado avançado deixa o homem literalmente podre, e com mal odor! Vamos então pensar que as boas obras são como pano de ceda puro, então, este homem leproso veste essa ceda, mas uma hora ou outra a sua lepra estragara aquela roupa, manchando-a e a tornando suja! É por isso que o homem não pode ser justificado pelas suas boas obras! As suas melhores ações são manjadas pela sua natureza pecadora!

Nem tudo está perdido! E finalmente chegamos ao versículo 22, vamos ver a parte A:Mas agora ele os reconciliou pelo corpo físico de Cristo, mediante a morte.

Glória a Deus por isso! Quase agora acabamos de ver que o pecado é algo sério, e que uma lei quebrada já é o suficiente para nos levar ao inferno! Porém aqui está o nosso consolo: Mas agora ele os reconciliou pelo corpo físico de Cristo, mediante a morte. Paulo está afirmando que foi pela Obra de Cristo (morte e ressureição) que conseguimos a reconciliação! Não existe outro meio, somente pela obra de Cristo!

Agora analisaremos a parte B. Para apresentá-los diante dele santos, inculpáveis e livres de qualquer acusação. Aqui está muito ligado a Justificação dos que crê em Jesus. E essa parte que revela o que é a boa nova. Para explicar o que é justificação, vou me conter nas palavras de um teólogo americano. Robert Charles Sproul.

“Em nós mesmos, sob o exame minucioso de Deus nós ainda temos pecado; nós ainda somos pecadores. Mas, pela imputação e pela fé em Jesus Cristo, cuja justiça nos é creditada, somos então considerados justos ou retos. Este é o coração do evangelho. Para ir ao céu, eu serei julgado pela minha justiça ou pela justiça de Cristo? Se eu tivesse que confiar na minha retidão para chegar ao céu, eu estaria total e completamente sem esperanças de qualquer possiblidade de ser redimido. Mas quando vemos que a nossa justiça, recebida pela fé, é a retidão perfeita de Cristo, então vemos quão gloriosas são as boas novas do evangelho. As boas novas são simplesmente estas: eu posso ser reconciliado com Deus, eu posso ser declarado justo por Deus não com base no que eu fiz, mas com base no que Cristo fez por mim. No coração do evangelho está uma dupla imputação. Meus pecados são imputados em Jesus. A justiça dele é imputada em mim. E nesta transação de duas vias, vemos que Deus não negocia com o pecado ou compromete sua própria integridade para nos salvar, antes, pune real e completamente o pecado ao imputa-lo em Jesus, mantendo a sua justiça, e, assim, ele pode ser ao mesmo tempo justo e justificador, como o apostolo nos diz. Então à vista de Deus, meu pecado vai para Jesus e a justiça dele vem para mim.”

Basicamente é isso o que é Justificação meus irmãos. Deus nos considera Justos não pelo que fazemos para alcançar salvação, mas naquilo que o Senhor Jesus fez por nós! Além de morrer em nosso lugar assim satisfazendo a ira do Senhor, ele viveu a vida que deveríamos viver. Ele viveu sob a lei e a cumpriu perfeitamente! Então a sua Justiça nos é imputada! E isso é a boa nova! O evangelho da qual Paulo se tornou ministro!

Agoravamos analisar a primeira afirmação que eu pulei de proposito do versículo 22 parte B. Apresentá-los diante dele santos.  Acabamos de ver que o Senhor Deus exige santidade. Mas quando cremos em Jesus somos justificados pela fé, daí então é nos concedida a capacidade para a santificação mediante a obra regeneradora do Espirito Santo que nos é concedida.  Com isso eu afirmo que se alguém pensa que somente crendo em Jesus já está salvo podendo assim continuar a pecar, está enganado! Uma coisa é ligada com a outra. Um justificado tem o Espirito Santo que o santifica dia após dia!

Agora vamos ver o versículo 23 deste capitulo. Desde que continuem alicerçados e firmes na fé. É pela fé que alcançamos a salvação, somente pela fé. E é pelo evangelho que temos as bênçãos do Senhor! Aqui Paulo está advertindo aos leitores que estavam sendo enganados por falsos mestres que diziam que eles deveriam voltar a crer na lei como meio de alcançar a salvação, mas Paulo os adverte:  não existe outro caminho senão no evangelho que lhe foi anunciado, não voltem as antigas praticas, não ouçam esses falsos mestres, continuem alicerçados na fé!

Então, com essa mensagem eu quero ensina-los a admirar o evangelho. Acabamos de aprender que o pecado é sério, vimos hoje também que não é pelas nossas obras que alcançamos a salvação. E aprendemos que o evangelho é as boas novas, que nos ensina que é pela fé somente em Cristo que conseguimos a salvação, e que a justificação é o centro do evangelho.

Então se você está lendo esse texto e é cristão agradeça a Deus pelo o que ele fez na cruz! Deus não poupou o seu filho e o entregou na cruz para a salvação de homens que mereciam apenas a condenação, como eu e você! Como somos falhos mediante as exigências da lei! Mas como é grande a misericórdia do Senhor! Paulo nessa carta aos colossenses adverte: continuem alicerçados na fé! E é isso que eu desejo, continuem na fé, independentemente de qualquer coisa! Antes éramos rebeldes e inimigos de Deus, merecedores da ira de Deus. Mas hoje temos reconciliação, a salvação, e a vida eterna! Quantas vezes você já disse em Oração: Senhor eu não passo de um pecador, mas a sua graça me alcançou e hoje em Cristo eu sou uma nova criatura. Louvado seja o senhor que nos resgatou! Porque a salvação pertence ao Senhor!

E será que estamos demonstrando pelas nossas obras a fé que que temos no evangelho? Como eu disse anteriormente na apresentação da carta aos colossenses, Paulo busca ensina-los realmente a verdadeira piedade, que é a mortificação da carne e novidade de vida. No capítulo 3 versículos 1 ao 5 ele diz:

Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus.
Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas
.
Pois vocês morreram, e agora a sua vida está escondida com Cristo em Deus.
Quando Cristo, que é a sua vida, for manifestado, então vocês também serão manifestados com ele em glória. Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria.”

Vamos parar para pensar meus amados, será que como cristãos estamos realmente seguindo os ensinos de Paulo? Será que nós nos preocupamos em pensar nas coisas lá do alto?  Ou só estamos pensando como conseguir riquezas aqui na terra? Que por sinal irão ficar quando partirmos desse mundo, que não é o nosso lar!

Parece até meio contraditório, acabamos de ver que pelas nossas obras não temos salvação, e está, é só pela fé. Mas em Tiago 2 está escrito que sem obras a fé é morta! Sabe porquê? Porque isto está ligado com a ideia que acabamos de aprender, de que um justificado sempre tem o Espirito Santo que o santifica dia após dia. Porque aqueles que nasceram de Deus e estão em Cristo pela fé, tem os frutos da nova vida – que é a mortificação da carne – ou seja o processo de santificação é notável em sua vida.

Para finalizar eu citarei 2 coríntios versículos 17 ao 21.

Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.