Campanha para o Senado deverá custar mais de R$ 1 bilhão


download (2)

12/07/2014 06h00 – Atualizado em 12/07/2014 06h00

 

Campanha para o Senado deverá custar mais de R$ 1 bilhão

Em São Paulo, despesas podem chegar a R$ 113,5 milhões, o maior valor.
Quatro candidatos (de SP, DF, PR e MT) preveem gastar até R$ 30 milhões.

 

 

Thiago ReisDo G1, em São Paulo

 

 

A campanha eleitoral para o Senado deverá custar mais de R$ 1 bilhão, segundo as estimativas de despesas entregues pelos candidatos à Justiça Eleitoral.

Levantamento do G1 nos 26 estados e no DF mostra que os 178 candidatos preveem desembolsar, juntos, até R$ 1.035.384.167,16 para se eleger.

CUSTO DAS CAMPANHAS A SENADOR POR ESTADO

Unidade da federação

Candidatos

Gasto total previsto

São Paulo

10

R$ 113.530.000,00

Mato Grosso

6

R$ 70.000.000,00

Bahia

5

R$ 52.500.000,00

Goiás

7

R$ 52.200.000,00

Distrito Federal

8

R$ 50.810.000,00

Rio de Janeiro

8

R$ 50.760.000,00

Paraná

8

R$ 48.810.000,00

Alagoas

8

R$ 44.000.000,00

Minas Gerais

8

R$ 42.725.000,00

Tocantins

5

R$ 39.600.000,00

Paraíba

7

R$ 39.418.000,00

Santa Catarina

7

R$ 38.525.000,00

Rondônia

5

R$ 37.500.000,00

Roraima

6

R$ 35.820.000,00

Amapá

10

R$ 34.730.000,00

Maranhão

6

R$ 34.100.000,00

Pará

11

R$ 31.920.000,00

Rio Grande do Norte

5

R$ 30.420.000,00

Mato Grosso do Sul

6

R$ 28.266.167,16

Piauí

6

R$ 28.180.000,00

Amazonas

6

R$ 26.680.000,00

Ceará

4

R$ 25.860.000,00

Rio Grande do Sul

7

R$ 22.050.000,00

Pernambuco

5

R$ 17.480.000,00

Espírito Santo

5

R$ 14.500.000,00

Sergipe

5

R$ 14.230.000,00

Acre

4

R$ 10.800.000,00

TOTAL

178

R$ 1.035.384.167,16

O valor é pouco superior ao que pretendem gastar os 11 candidatos à Presidência (R$ 916 milhões) – Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos estimam gastar, juntos, quatro vezes o valor que os oito adversários somados.

Para a campanha aos governos dos estados, a cifra estimada é de R$ 2,43 bilhões – equivalente ao orçamento de um município como Niterói.

A campanha para o Senado em São Paulo deverá ser a que mais consumirá dinheiro. Os dez postulantes ao cargo estimam gastar R$ 113,5 milhões. Mato Grosso aparece logo atrás. Os seis candidatos somados preveem um gasto total de R$ 70 milhões.

Já o Acre deve ter a campanha mais “barata”. A estimativa feita pelos quatro candidatos é de um custo de R$ 10,8 milhões. Sergipe tem a segunda previsão mais em conta: R$ 14,2 milhões. São cinco candidatos tentando se eleger no estado do Nordeste.

Campeões de gastos
Quatro candidatos detêm a previsão de despesa mais alta declarada à Justiça Eleitoral: José Serra (PSDB), em São Paulo, Magela (PT), no Distrito Federal, Marcelo Almeida (PMDB), no Paraná, e Rui Prado (PSD), em Mato Grosso. Eles preveem gastar R$ 30 milhões para vencer o pleito.

Gilberto Kassab (PSD), em São Paulo, e Geddel Vieira Lima (PMDB), na Bahia, também devem desembolsar um valor alto. Os dois estipularam um teto de R$ 28 milhões.

Regras para gastos
A Lei das Eleições prevê que, em todas as disputas, o Congresso deve aprovar até 10 de junho uma outra lei que defina os limites de gastos das campanhas por cada candidato. Como isso não ocorreu, cada partido fixou internamente o teto das despesas.

Entre os custos previstos na campanha estão propaganda, principalmente na TV, transporte com automóveis ou jatinhos, por exemplo, e pagamento de cabos eleitorais.

Assim como nas eleições anteriores, neste ano os candidatos poderão receber doações de empresas privadas para aplicar nas campanhas.

No ano passado, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal considerou ilegal que empresas doem a políticos, mas o julgamento não foi concluído. Se a maioria se mantiver e o julgamento terminar, a proibição só deverá valer a partir de 2016.

AS DEZ CAMPANHAS PARA O SENADO MAIS CARAS DO PAÍS

Candidato

UF

Gasto estimado

Marcelo Almeida (PMDB)

PR

R$ 30.000.000,00

Magela (PT)

DF

R$ 30.000.000,00

José Serra (PSDB)

SP

R$ 30.000.000,00

Rui Prado (PSD)

MT

R$ 30.000.000,00

Gilberto Kassab (PSD)

SP

R$ 28.000.000,00

Geddel Vieira Lima (PMDB)

BA

R$ 28.000.000,00

Romário (PSB)

RJ

R$ 20.000.000,00

Antônio Anastasia (PSDB)

MG

R$ 20.000.000,00

Gastão Vieira (PMDB)

MA

R$ 20.000.000,00

Eduardo Magalhães (PSDB)

AL

R$ 20.000.000,00

 

 

PUBLICIDADE

 

Campanha para o Senado deverá custar mais de R$ 1 bilhão
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *