BRASIL-PESTE-ESTA ESCRITO NA BIBLIA-Modelo diz que se surpreendeu com a atenção dada aos repatriados da China que estão em quarentena: ‘Aliviada’


Divulgado boletim do Ministério da Saúde sobre coronavírus no Brasil

Divulgado boletim do Ministério da Saúde sobre coronavírus no Brasil

Após um dia de quarentena na Base Aérea de Anápolis, a 55 km de Goiânia, a modelo Adrielly Eger conta que se surpreendeu com o tratamento que ela e os outros 34 repatriados da China estão recebendo. Nesta segunda-feira (10), ela divulgou nas redes sociais fotos de uma amiga passando por exames e da reunião sobre a rotina durante o período de isolamento, que deve durar 18 dias.

“Estou mais aliviada. Eu achava que ia ser assim bem diferente, mas o pessoal está cuidando muito bem de nós, preparam tudo de uma maneira muito especial. Então, acho que está sendo ótimo”, disse a modelo.

O grupo estava em Wuhan, cidade chinesa em que houve o epicentro do surto de coronavírus. Eles chegaram ao Brasil no domingo (9).

Desde então, vários repatriados fizeram questão de postar nas redes sociais um pouco da rotina, seja detalhes dos quartos ou da alimentação que estão recebendo. Um deles, inclusive, afirmou que não estava acostumado a acordar ao som dos pássaros e estava “amando” aquilo.

Adrielly Eger está entre os brasileiros repatriados da China que estão de quarentena na Base Aérea de Anápolis, Goiás — Foto: Reprodução/InstagramAdrielly Eger está entre os brasileiros repatriados da China que estão de quarentena na Base Aérea de Anápolis, Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

Adrielly Eger está entre os brasileiros repatriados da China que estão de quarentena na Base Aérea de Anápolis, Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

Pelas fotos postadas pela modelo nesta segunda-feira, é possível ver que o exame é realizado na parte interna do Hotel de Trânsito, onde o grupo está hospedado. Já a reunião ocorreu na área externa, que fica ao lado do prédio e foi reservada aos repatriados. Lá, sobre um grande espaço gramado, foi montada uma enorme tenda.

Pela imagem, nota-se que há um painel na parte da frente onde há algumas instruções. No cabeçalho, consta a seguinte inscrição: “Rotina – Condutas de Boa Convivência”. As pessoas que ministram a palestra e os repatriados usam máscaras cirúrgicas.

Repatriada passa por rotina de exames na Base Aérea de Anápolis Goiás — Foto: Reprodução/InstagramRepatriada passa por rotina de exames na Base Aérea de Anápolis Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

Repatriada passa por rotina de exames na Base Aérea de Anápolis Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

O Ministério da Defesa explicou que o “grupo passou por avaliações clínicas de saúde, que incluem aferições de sinais vitais, como medição de temperatura, pressão e frequência cardíaca e exame de nasofaringe”. O órgão completou que a equipe “fez uma apresentação sobre os aspectos da “área branca, local comum aos hóspedes, que oferece lazer e bem-estar”.

No sábado (8), foram colhidas amostras de secreções no nariz e da garganta tanto dos repatriados como da equipe técnica que participou da operação de resgate. Elas serão analisadas para verificar a existência ou não de 21 tipos de vírus, além do coronavírus.

Grupo de brasileiros repatriados da China chega a Anápolis para ficar em quarentena, Goiás — Foto: Reprodução/GloboNewsGrupo de brasileiros repatriados da China chega a Anápolis para ficar em quarentena, Goiás — Foto: Reprodução/GloboNews

Grupo de brasileiros repatriados da China chega a Anápolis para ficar em quarentena, Goiás — Foto: Reprodução/GloboNews

Rotina da quarentena

  • 6 refeições diárias: café, colação, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia (acompanhados por nutricionistas);
  • Videogame, brinquedoteca, jogos, biblioteca, apresentação de bandas militares;
  • Internet, TV a cabo, frigobar, geladeira sem itens alcoólicos;
  • Serviço religioso;
  • Emergência odontológica;
  • Apoio psicológico e pedagógico.

Área de quarentena na Base Aéra de Anápolis — Foto: Sílvio Túlio/G1Área de quarentena na Base Aéra de Anápolis — Foto: Sílvio Túlio/G1

Área de quarentena na Base Aéra de Anápolis — Foto: Sílvio Túlio/G1

Os repatriados

Os grupo dos 34 repatriados da China é composto da seguinte forma:

  • 4 chineses casados com brasileiros;
  • 7 crianças com idades entre 2 e 12 anos;
  • 23 brasileiros adultos – casais e homens e mulheres solteiros (sendo três diplomatas).

Surto

Desde o início do surto, no início do ano, a China registrou 908 mortes por coronavírus e 40.171 casos confirmados.

No Brasil, são sete casos suspeitos do novo coronavírus e nenhuma confirmação, de acordo com o Ministério da Saúde. Os dados são do balanço divulgado às 13h30 desta segunda-feira (10).

Segundo o governo federal, já foram descartadas 28 suspeitas desde o começo do monitoramento.

Repatriação de brasileiros na China — Foto: Aparecido Gonçalves e Juliane Monteiro/G1Repatriação de brasileiros na China — Foto: Aparecido Gonçalves e Juliane Monteiro/G1

Repatriação de brasileiros na China — Foto: Aparecido Gonçalves e Juliane Monteiro/G1



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.