BRASIL -BR-Morre funcionário do Samu de Araraquara que estava com suspeita de reinfecção de Covid-19



Exame de coronavírus — Foto: Divulgação

Exame de coronavírus — Foto: Divulgação

O técnico de de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Araraquara (SP), que testou positivo para Covid-19 novamente após se curar, morreu nesta terça-feira (11), no Hospital Estadual de Américo Brasiliense, onde estava internado na UTI desde julho.

É a primeira morte de um profissional de Saúde de Araraquara em decorrência da doença.

Investigação de reinfecção

O Serviço Especial de Saúde (Sesa), da Universidade de São Paulo (USP), investiga se o técnico de enfermagem foi reinfectado pelo novo coronavírus. A Secretária de Saúde informou que ele tinha dois exames positivos para Covid-19 com três meses de diferença entre eles.

Ele testou positivo para Covid-19 no mês de abril, logo no início da pandemia em Araraquara e cumpriu o período de isolamento.

Após seguir o protocolo da quarentena, ele voltou a trabalhar mas, em julho, apresentou novamente sintomas, dessa vez mais graves e precisou ser internado e intubado.

Araraquara soma 2.379 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. A morte do técnico de enfermagem é a 22ª causada pela doença no município.

Caso em Ribeirão Preto

Um estudo da Universidade de São Paulo (USP) conduzido pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP) confirmou, apesar de rara, a possibilidade de reinfecção pelo novo coronavírus em uma técnica de enfermagem de 24 anos, que foi diagnosticada em maio e voltou a ficar doente em junho.

Segundo pesquisadores da Faculdade de Medicina, quadro deve ser analisado por autoridades em saúde.

Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.