Assú RN; Testemunha-chave da chacina de mulheres no RN sofre atentado


 

G1/RN – A testemunha-chave da chacina que vitimou cinco mulheres na última quarta-feira (15) dentro de um prostíbulo na zona rural de Itajá, cidade distante 200 quilômetros de Natal, quase foi morta na noite desta sexta-feira (17). Ao G1, a Polícia Civil confirmou que a testemunha, que foi perseguida, espancada, amarrada e quase teve o corpo incendiado, é irmã do comerciante Francisco de Assis Júnior, de 38 anos. Mais conhecido como ‘ET’, ele foi preso na manhã da sexta-feira em Macaíba, na região Metropolitana da capital, e está sendo apontado como o mentor da matança.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o atentado aconteceu em Nova Parnamirim, bairro de Parnamirim, também na Grande Natal. Três homens encapuzados a abordaram quando ela desceu de um ônibus e a levaram para um matagal nas imediações da avenida Maria Lacerda Montenegro. Já amarrada, ela contou que um dos homens recebeu uma ligação telefônica dando a ordem para que ela fosse queimada. A mulher lembra, inclusive, ter ouvido o homem dizer: “Você vai queimar bem devagar, que é pra ver como o inferno é quente”.


20150525_182527



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.