ASSU RN-Seis vão a júri popular acusados pela morte de vereador de Assu, RN


Os seis acusados de participação na morte do vereador de Assu Manoel Ferreira Targino, de 54 anos – crime ocorrido no dia 22 de abril de 2015 – três vão a júri popular no final deste mês. No dia 29, senta no banco dos réus Itamar Veríssimo de Melo. Já no dia 30, serão julgados Joelma de Morais Ferreira e Douglas Daniel Morais de Melo. As sessões acontecem a partir das 8h30 no Salão do Tribunal do Júri do Fórum Dr. Silveira Martins, em Mossoró. Assu e Mossoró são cidades da região Oeste potiguar.

Os julgamentos foram marcados pelo juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró.

Os demais réus, Valdete Veríssimo de Melo (irmão de Itamar), Jalisson Veríssimo de Melo (filho de Valdete e sobrinho de Itamar) e José Roberto Nascimento da Silva devem ser julgados ainda este ano, após o magistrado retornar de férias.

Além da acusação pela morte de Manoel Botinha, como era mais conhecido o vereador, os seis também responderão pela tentativa de homicídio de Francisco Adriano Bezerra de Lima – que também foi baleado, mas sobreviveu.

Segundo a acusação, o vereador foi assassinado em razão de uma rivalidade entre famílias. Seis meses antes da morte do vereador, Manoel Botinha havia perdido um irmão, assassinado na cidade de Ipanguaçu, que fica na mesma região.

G1

ASSU RN-Seis vão a júri popular acusados pela morte de vereador de Assu, RN
Avalie esta postagem



Loading...

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *