ASSU RN -Feira-Livre: Natureza expõe insegurança do local e necessidade de obra estruturante


PROJETO2

Fotos produzidas pelo blog De Olho no Assú perpetuaram uma imagem surreal que dominou a manhã desta terça-feira (22) no espaço da feira-livre do município do Assú.

Uma ventania de grande proporção desnudou aquilo que só não era perceptível aos céticos e insensíveis: a absoluta fragilidade da estrutura montada pela Prefeitura do Assú para acomodar os feirantes da cidade.

A ação atípica da natureza não só comprovou esta condição débil do que foi proporcionado pela gestão aos barraqueiros da feira-livre, como revelou inapelavelmente o quanto é indispensável – e urgente – que seja providenciada uma estrutura realmente adequada para evitar que o problema reincida.

 

 

Quem sabe a intempérie natural não contribua para a atual gestão pública do Assú calçar as sandálias da humildade e reconhecer a importância e praticidade da emenda parlamentar no valor de R$ 300 mil sugerida pelo deputado estadual George Soares (PR), para viabilizar um espaço realmente digno e condizente para os feirantes.

O episódio felizmente não deixou feridos; apenas danos de caráter material.

De resto, é rogar a Deus para que, em sua infinita misericórdia, controle o ímpeto da natureza e evite que a cena deste dia não se repita.

 

 

Até porque, se a bondade e piedade divinas não protegerem os cidadãos, e se continuarem a ocorrer intervenções naturais como o que teve registro hoje, como se fosse um possível castigo à teimosia da administração que aí está – que por vezes insiste em se enclausurar em torno de si, ignorando sugestões e ideias que venham de fora –, não fica difícil imaginar que o Assú possa doravante viver a lamentável experiência de um furacão.

 



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *