ASSU RN-Deputado Tiririca pode virar presidente em caso de impeachment?


paixao

Gazeta do PovoVIDA E CIDADANIAVIDA PÚBLICAECONOMIAMUNDOESPORTESCADERNO GVIVER BEMOPINIÃO+ Seções Guia Enkontra.com
Vida Pública

Buscar na Gazeta
BUSCARJUSTIÇA E DIREITOCOLUNISTASESPECIAIS+ mais
Leia também Lava Jato Operação Publicano Maioridade Penal Bom dia, Brasília Gastos dos Deputados Reforma Política Impeachment
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

NOTÍCIAS + LIDAS
1
Cunha cita pagamento de R$5 milhões a Temer em conversa com empreiteiro, diz Folha
2
Paranaense não quer Cunha e nem Dilma
3
Deputado Tiririca pode virar presidente em caso de impeachment?
4
Senadora paranaense na mira da Lava Jato
5
Em depoimento à PF, Lula diz que há um ‘processo de criminalização’ do PT
NOTÍCIAS + COMENTADASQUEM + COMENTOU
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS
18h57
Datafolha mostra leve recuperação na avaliação de Dilma
12h14
Cunha cita pagamento de R$5 milhões a Temer em conversa com empreiteiro, diz Folha
11h06
Cerveró denuncia propina em Pasadena
10h41
Credores aprovam plano de recuperação judicial da OAS
10h33
STF autoriza quebra de sigilos bancário e fiscal de Renan Calheiros
» Ver mais ÚLTIMAS
Paixão/Gazeta do Povo
Charge usa slogan de campanha de Tiririca para ironizar a situação de Dilma e Cunha. | Paixão/Gazeta do Povo
Charge usa slogan de campanha de Tiririca para ironizar a situação de Dilma e Cunha.
LINHA SUCESSÓRIA
Deputado Tiririca pode virar presidente em caso de impeachment?
Circula pelas redes sociais a informação de que o palhaço-parlamentar tem chance de ser o novo presidente da República

08/12/2015 11h31 Katia Brembatti
28412Comentários (29)
Não tem como não rir diante do texto que se espalhou pelas redes sociais na última semana afirmando que o deputado Tiririca (PR-SP), como um dos parlamentares mais votados, poderia ser o novo presidente da República caso Dilma Rousseff perdesse o mandato e nenhum dos outros na linha sucessória pudesse assumir o cargo. Trata-se de uma piada, claro. Contudo, mais uma vez os desavisados estão caindo em pegadinhas e reproduzindo conteúdo de fonte desconfiável e sem confirmação.

Veja também
Paranaenses remanescentes do impeachment de Collor avaliam o caso Dilma
‘Governo ruim’ não pode ser motivo para cassação, diz deputado do Paraná na comissão do impeachment
Planalto avalia que Temer usa carta para forçar rompimento
O artigo 80 da Constituição Federal determina que, “em caso de impedimento do Presidente e do Vice-Presidente, ou vacância dos respectivos cargos, serão sucessivamente chamados ao exercício da Presidência o Presidente da Câmara dos Deputados, o do Senado Federal e o do Supremo Tribunal Federal.”

CRISE POLÍTICA: Acompanhe as últimas notícias sobre o Impeachment da presidente Dilma

Ou seja, como o processo de impeachment, por enquanto, se restringe à Dilma, o vice-presidente Michel Temer é o próximo na linha de sucessão (foi o que aconteceu com Fernando Collor de Mello e Itamar Franco, em 1992). Na impossibilidade de Temer, Eduardo Cunha (caso ainda esteja no cargo de presidente da Câmara dos Deputados) seria o sucessor. O próximo na linha é Renan Calheiros, presidente do Senado. Por fim, quem assumiria seria Ricardo Lewandowski, presidente do STF. A Constituição não estabelece mais sucessores.

O texto que circula na internet afirma que Temer, Cunha e Calheiros estão envolvidos em escândalos e não poderiam assumir. E que o deputado mais votado seria o presidente. O parlamentar com mais votos foi Celso Russomanno, que foi condenado por peculato recentemente e, portanto (sempre segundo o boato), não estaria apto para o posto. Sobraria, então, para Francisco Everardo Oliveira Silva, o palhaço Tiririca, que foi eleito deputado federal com 1,38 milhão de votos. Mas, como deixa claro o texto da Constituição, essa possibilidade não está prevista na Lei.

Reforço: em caso de impeachment quem assume não é Aécio.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *