ALTO DO RODRIGUES RN-O racismo e as guerras googlicas, Por Fábio de Oliveira Ribeiro


Por Fábio de Oliveira Ribeiro

O Google registra 21.400.000 resultados para a expressão “guerra na Síria” e apenas 302.000 resultados no Google para “guerra no Iémen”. A nova guerra dos EUA contra a Coréia do Norte nem mesmo começou, mas a expressão “ataque dos EUA a Coréia do Norte” já conta com 817.000 referências no Google.

A Síria foi atacada por terroristas recrutados pela CIA em todo Oriente Médio. O regime de Assad também foi bombardeado pelos EUA e por Israel, mas resiste bravamente com a ajuda militar da Rússia. A Coréia do Norte não será atacada sem a aquiescência da China. O Iémen recebe ajuda do Irã e está sendo atacado pela Arábia Saudita (com ajuda dos EUA). Os interesses norte-americanos existem nos três conflitos, mas são mais evidentes no caso da Síria e do Iémen. Todavia, a cobertura jornalística da guerra do Iémem tem sido bem menor que a da Síria https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10158822327590019&id=665095018.

É evidente que a guerra no Iémen desperta bem pouco interesse dos internautas. Ela é menos desumana e terrível que as outras guerras? Não. A tragédia iemenita é até maior, pois os sauditas estão matando de fome milhares de civis inocentes. Os iemenitas são menos humanos que os sírios e os norte-coreanos? Não. A Declaração Universal dos Direitos do Homem não fez qualquer exceção. Todos os seres humanos, independentemente do seu estágio de desenvolvimento tecnológico, tem direito a vida.

Qual é então a  diferença entre estes três povos que faz os internautas se interessarem tão pouco pela guerra do Iémen e muito mais pelas guerras da Síria e da Coréia do Norte? Vejamos as estatísticas:

Estatísticas relacionadas a Síria

PIB per capita

2.065,54 USD ‎(2007)

 

População

19,56 milhões ‎(2007)

 

Expectativa de vida

75,00 anos ‎(2007)

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADria

Estatísticas relacionadas a Coreia do Norte

PIB per capita

1.800,00 USD ‎(2011)

 

População

23,9  milhões ‎(2011)

 

Expectativa de vida

63,8 anos ‎(2009)

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Coreia_do_Norte#Sa.C3.BAde

Estatísticas relacionadas ao Iémen

PIB per capita

1.473,10 USD ‎(2013)

 

População

24,41 milhões ‎(2013)

 

Expectativa de vida

62,91 anos ‎(2012)

 

https://www.google.com.br/?gws_rd=ssl#q=iemem,+pib

As estatísticas não revelam diferenças muito grandes entre os três países. Síria, Coréia do Norte e Iémen são países pobres. As diferenças aparecem quando são mensuradas as Forças Armadas dos três países.

http://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2013/08/27/interna_internacional,440736/conheca-o-poder-das-forcas-armadas-do-governo-sirio.shtml

https://noticias.terra.com.br/mundo/asia/compare-as-forcas-militares-da-coreia-do-norte-e-da-coreia-do-sul,460ab7fbb44dd310VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html

http://www.globalfirepower.com/country-military-strength-detail.asp?country_id=yemen

Apesar de desgastadas por uma guerra mais longa, a Síria tem forças militares consideravelmente mais modernas e maiores do que as do Iémen. A Coréia do Norte tem um efetivo militar muito maior e mais bem equipado do que os dois outros países, mas seu poder de fogo ainda não foi testado.

Dos três países, apenas o Iémen não foi palco de uma guerra recente com grande cobertura pela imprensa. A Síria entrou em guerra com Israel em 1967 (Guerra dos Seis Dias) e em 1973 (Guerra do Yom Kippur). A Guerra da Coréia (1950-1953) não resultou num acordo de paz. Portanto, tecnicamente a Coréia do Norte ainda está em guerra com os EUA e com a Coréia do Sul.

Nada explica, contudo, a desprezo devotado à crise humanitária iemenita. Afinal, conflitos que resultaram em tragédias humanitárias equivalente despertaram muito atenção da mídia. Só para se ter uma idéia a “Guerra Civil da Ucrânia” é referida 461.000 vezes no Google https://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_Civil_no_Leste_da_Ucr%C3%A2nia mas fez menos vítimas civis que a Guerra do Iémem https://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_Civil_Iemenita_(2015%E2%80%93presente). Além disto, não podemos esquecer que a Guerra da Ucrânia ganhou muito mais destaque na TV brasileira do que a Guerra do Iémen.

O local (Europa x Oriente Médio), a religião (cristã x islâmica), os envolvidos (sírios, norte-coreanos, iemenitas, norte-americanos, sauditas, russos, israelenses, etc…) e a cor dos povos envolvidos (branca x parda) é um elemento importante para despertar mais ou menos interesse dos internautas e da mídia por uma guerra? Ao concentrar sua atenção num conflito e ignorar outro os internautas manifestam uma nova espécie silenciosa de racismo? Esta é meus caros a verdadeira pergunta.

Select rating
Nota 1
Nota 2
Nota 3
Nota 4
Nota 5

ALTO DO RODRIGUES RN-O racismo e as guerras googlicas, Por Fábio de Oliveira Ribeiro
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *