A PALAVRA DO DIA- Aprenda com os animais Texto Bíblico: Provérbios 15.9


""""

""""

""""

""""

""""

""""

""""

""""

Momento de Reflexão: Um estudo do Salmo 12

Facebook
Twitter
Google+
Pinterest
sl 12

Os salmos são textos sagrados com o principal objetivo de apresentar todas as dores e soluções que aconteceram na vida dos salmistas. Além disso, nos ensinam grandes lições sobre o amor para com Deus, a fé e de como devemos agir perante ao Senhor. Assim, o salmo 12 não é muito diferente disso, ele nos mostra a intervenção divina na raiva, inveja, chamado também de ímpios.

Antes de irmos a interpretação detalhada, confira um resumo rápido de como esse salmo da Bíblia é dividido:

  • descreve as falas dos perversos;
  • oração para intervenção divina;
  • a intervenção acontece;
  • lembre-te que mesmo assim os perversos continuam.

NÃO DEIXE DE CONFERIR O SALMO DO DIA!

Salmo 12 da Bíblia Sagrada

  1. Salva-nos, SENHOR, porque faltam os homens bons; porque são poucos os fiéis entre os filhos dos homens.
  2. Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobrado.
  3. O Senhor cortará todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala soberbamente.
  4. Pois dizem: Com a nossa língua prevaleceremos; são nossos os lábios; quem é senhor sobre nós?
  5. Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o Senhor; porei a salvo aquele para quem eles assopram.
  6. As palavras do Senhor são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes.
  7. Tu os guardarás, Senhor; desta geração os livrarás para sempre.
  8. Os ímpios andam por toda parte, quando os mais vis dos filhos dos homens são exaltados.

Saiba também sobre a Interpretação do salmo 13!

Interpretação do Salmo 12

Dos versículos de 1 à 3 do sl12 as dúvidas e incertezas sobre a existência de uma pessoa justa e que caminhe pela fé. Davi também fala sobre falsidade, acusando e se magoando com os ímpios, pelo motivo de utilizar palavras que destroem e machucam.

Continuando pelo versículo 4 a prova dos pensamentos e sentimentos do salmista, aqui ele relata que os perversos não se abaixam perante a uma autoridade, como por exemplo Deus. Por isso acreditam que podem falar o que quiser, mesmo magoando ou marcando negativamente uma pessoa.

Já nos versículos de 5 à 7 Deus fala com Davi e revela suas intenções e vontades. Além disso, deixa claro um julgamento sobre as palavras e intenções dos perversos. Decorre sobre os justos com palavras puras comparados aos ímpios que não são confiáveis. Em resumo, tudo tem seu tempo, e o Senhor estabelecerá justiça.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.