A PALAVRA DO DIA-“Amplia o Lugar da Tua Tenda”


Propósito

Incentivar os alunos a fortalecerem as estacas de Sião e a preparem-se para a Segunda Vinda e o Milênio.

Preparação

  1. Em espírito de oração, estude as passagens de Isaías 54–56 e 63–65 que são discutidas nesta lição.

  2. Se você utilizar a atividade motivadora, leve uma estaca de barraca.

  3. Se a gravura “Jesus Cristo Ressuscitado” estiver disponível, pode-se usá-la durante a aula. [Pacote de Gravuras do Evangelho (62187 059) – 239]

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Atividade Motivadora

Você pode fazer esta atividade (ou outra de sua preferência) no início da aula.

Desenhe no quadro-negro a figura de uma tenda conforme a que é mostrada abaixo. Mostre, então, uma estaca de barraca e faça estas perguntas.

Old Testament : gospel doctrine teacher's manual

• Por que essa tenda precisa de estacas? O que aconteceria se a tenda não fosse sustentada por estacas?

• O que a tenda mencionada em Isaías 54:2 representa? (A Igreja de Jesus Cristo.) O que as estacas da tenda representam?

O Presidente Ezra Taft Benson disse:

“O termo estaca é uma expressão simbólica. Visualizem mentalmente uma grande tenda sustentada por cordas presas a muitas estacas que estejam firmemente cravadas no chão.

Os profetas compararam a Sião dos últimos dias a uma grande tenda que abarca a terra e que é sustentada por cordas presas a estacas. Essas estacas, é obvio, são várias organizações geográficas espalhadas pela terra. Hoje, Israel está sendo reunida nas várias estacas de Sião”. [“Strengthen Thy Stakes”, (Fortalece Tuas Estacas), Ensign, janeiro de 1991, p. 2.]

Diga aos alunos que as primeiras estacas de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foram organizadas em Kirtland, Ohio, e no Condado de Clay, em Missouri, em 1834. Com o crescimento da Igreja, mais estacas foram-se formando de acordo com as ordens do Senhor. (D&C 101:20–21) Hoje, existem centenas de estacas em todo o mundo.

Diga que esta lição discutirá como podemos fortalecer as estacas de Sião. Discutirá também os grandiosos ensinamentos de Isaías sobre a Segunda Vinda e o Milênio.

Comentários sobre as Escrituras e Sua Aplicação

À medida que ensinar estas passagens de escritura, comente como elas podem ser aplicadas na vida diária. Incentive os alunos a contarem experiências relacionadas aos princípios destas escrituras.

1. “Alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas.” (Isaías 54:2)

• Em sua opinião o que a frase “amplia o lugar da tua tenda” significa? (Isaías 54:2) [O Senhor quer que os membros da Igreja falem do evangelho a muitas pessoas para que ele se estenda por toda a Terra. Isaías profetizou que nos últimos dias, a Igreja cresceria rapidamente e muitas pessoas em todo o mundo seriam convertidas à verdade. (Isaías 54:3)]

• Que outro conselho é dado em Isaías 54:3 a respeito da tenda, ou a Igreja? Como podemos seguir esse conselho? Sugere-se que você resuma os comentários no quadro-negro, conforme ilustrado a seguir.

Conselho de Isaías

O Que Podemos Fazer

Estender as cortinas da tenda e alongar as cordas.

Cumprir missão de tempo integral; falar do evangelho com os amigos e vizinhos.

Fixar bem as estacas da tenda.

Fortalecer as estacas locais.

• O que podemos fazer para fortalecer a estaca a que pertencemos? (As respostas incluem o seguinte: Desenvolver a força espiritual individual, influenciar nossa família e amigos para que façam o mesmo, servir nossos vizinhos (sejam membros ou não-membros) e aceitar chamados que recebermos dos líderes do sacerdócio para servir na Igreja.)

• Como as estacas podem abençoar a as pessoas? (Ver D&C 115:5–6.) Em que sentido as estacas de Sião são lugares de defesa e refúgio para nós?

2. “Com grandes misericórdias te recolherei.” (Isaías 54:7)

• Embora Israel tenha ficado dispersa durante muitos anos, o Senhor prometeu que a reuniria à verdadeira Igreja nos últimos dias. (Isaías 54:4–10) O que aprendemos sobre o Senhor em Isaías 54:4–10? Que bênçãos específicas o Senhor promete a Seus servos justos? (Ver Isaías 54:13–14, 17.) Por que essas promessas são importantes?

• Quem é convidado a encontrar refúgio na reunião com os santos? (Todos os filhos do Pai Celestial.) Releia estas passagens de Isaías, que descrevem os grupos de pessoas que o Senhor deseja que O busquem e encontrem segurança no evangelho:

  1. Isaías 55:1–3. (Todos que têm sede.) A que tipo de sede se referem esses versículos? O que acontece quando tentamos satisfazer a sede espiritual nos gastando dinheiro com coisas materiais e concentrando nosso empenho para alcançá-las? Como nossa sede espiritual pode ser verdadeiramente satisfeita? (Ver 2 Néfi 9:50–513 Néfi 20:8.)

  2. Isaías 55:6–7. (Os iníquos que se arrependerem.) Que promessa é estendida àqueles que se arrependem?

  3. Isaías 56:3, 5–8. (Os estrangeiros que não conhecem o Senhor.) O que o estrangeiro deve fazer para ser aceito pelo Senhor?

• O que essas passagens ensinam sobre a misericórdia do Senhor? O que ensinam sobre como devemos ver todos os filhos do Pai Celestial?

• Isaías escreveu que a palavra de Deus nutre nossa alma assim como a chuva nutre as sementes. (Isaías 55:10–13) Como a palavra de Deus nutre nossa alma? (Ver Alma 32:28, 41.)

3. O Milênio será uma época de paz e alegria.

• Em seus escritos, Isaías testificou que, embora houvesse lutas, tentações e sofrimento neste mundo, no final, o bem triunfaria sobre o mal e, para os justos, o futuro seria cheio de alegria. Isaías orou fervorosamente pela Segunda Vinda do Salvador, que traria punição aos iníquos e grande deleite para os justos. (Isaías 64) Que mensagem de esperança e alegria encontramos em Isaías 64:1–4? Como essa mensagem aumenta seu desejo de perseverar até o fim servindo ao Senhor?

• Os capítulos finais do relato de Isaías apresentam um belo quadro do Milênio, o período de mil anos de paz que será introduzido pela Segunda Vinda do Salvador. De acordo com Isaías 65:17–25, o que acontecerá no Milênio? (Sugere-se que você faça uma lista destas coisas no quadro-negro; ver também Isaías 11:6–9.)

  1. O Senhor criará novos céus e nova terra. (Isaías 65:17)

  2. Haverá grande alegria e não haverá mais clamor do povo do Senhor. (Isaías 65:18–19)

  3. As pessoas não morrerão jovens; elas viverão até cem anos. (Isaías 65:20)

  4. As pessoas gozarão os frutos de seu próprio trabalho. (Isaías 65:21–23)

  5. As orações serão prontamente respondidas. (Isaías 65:24)

  6. Não haverá inimizade entre os animais. (Isaías 65:25)

• O que Isaías 63:7–9 ensina sobre a infinita bondade e amor do Senhor? (Peça aos alunos que indiquem as palavras e frases desses versículos que mostram o amor do Salvador por nós. Sugere-se que você as escreva no quadro.) Peça aos alunos que falem de como o Salvador lhes mostrou “a multidão das suas benignidades”.

Conclusão

Dê testemunho de que, se fortalecermos as estacas de Sião e falarmos do evangelho ao mundo, as riquezas da eternidade estarão reservadas para nós. Podemos esperar pela Segunda Vinda do Salvador e pela paz e alegria que existirão durante o Milênio. As profecias de Isaías lembram-nos que é um privilégio servir ao Senhor e que Ele abençoa Seus discípulos.

Outras Sugestões para o Professor

O material a seguir complementa o plano de aula sugerido. Podem-se usar uma ou mais destas idéias como parte da lição.

1. A verdadeira lei do jejum (Isaías 58:3–12)

• O que aprendemos sobre o jejum em Isaías 58 ? Quais são os elementos de um verdadeiro jejum? (Ver Isaías 58:3–7)

Um dos elementos do verdadeiro jejum é dar uma generosa oferta de jejum. O Presidente Spencer W. Kimball declarou: “Acho que, quando se é próspero, como são muitos de nós, devemos ser muito, muito generosos (…) e, em vez de dar o dinheiro que economizamos nas duas refeições do jejum, dar muito mais: dez vezes mais, se nossas condições permitirem”. [Conference Report (Relatório da Conferência Geral), abril de 1974, p. 184.]

• Que bênçãos são prometidas em Isaías 58 a quem viver a lei do jejum?

  1. Tornamo-nos mais fortes para resistir as tentações. (Isaías 58:6)

  2. Nossas cargas são aliviadas.(Isaías 58:6)

  3. Nossa saúde física e espiritual melhora. (Isaías 58:8)

  4. Tornamo-nos humildes e preparados para comunicarmo-nos com o Senhor. (Isaías 58:9)

  5. Ajudamos os pobres e necessitados. (Isaías 58:10)

  6. Recebemos orientação contínua do Senhor. (Isaías 58:11)

  7. Nossa alma não perece na aridez e tornamo-nos “como um manancial, cujas águas nunca faltam”. (Isaías 58:11)

Peça aos alunos que falem sobre exemplos encontrados nas escrituras, na história da Igreja ou sobre experiências pessoais que demonstrem as bênçãos de viver-se a lei do jejum. (Ver Guia para Estudo das Escrituras, “Jejuar, Jejum”.)

• Como podemos viver mais diligentemente a lei do jejum?

2. Descrição do ministério do Salvador

• Isaías 61:1–3 é uma declaração do chamado e ministério do Salvador. No começo de Seu ministério em Nazaré, o Salvador citou esses versículos, dizendo ao povo: “Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos”. (Lucas 4:14–21) O que esses versículos ensinam sobre o caráter e missão de Jesus Cristo?

3. A Segunda Vinda de Cristo (Isaías 63:1–6)

• A Segunda Vinda do Salvador é descrita em Isaías 63:1–6. De que cor será o manto do Salvador quando Ele vier em Sua glória? (Ver Isaías 63:2Apocalipse 19:11–13D&C 133:46–48.) O que a cor vermelha simboliza? (O sangue que ele derramou quando sofreu por nossos pecados no Getsêmani e na cruz.)



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.